Sobre o Transtorno de Personalidade

//Sobre o Transtorno de Personalidade

Sobre o Transtorno de Personalidade

Transtorno de Personalidade

A personalidade é uma palavra de origem grega que vem de Persona, que significa uma máscara, um personagem, uma identidade. A personalidade é associada ao comportamento observável de uma pessoa. A personalidade é composta por fatores herdados – o temperamento, e o que é adquirido sócio e culturalmente – o caráter. É da síntese desses dois elementos que nasce nosso Eu, nossa personalidade.

O Transtorno de Personalidade ocorre quando há um padrão de traços de personalidade e comportamento inflexível e mal adaptativo que causa sofrimento subjetivo, e/ou prejuízo significativo no funcionamento social ou ocupacional para o indivíduo ou direcionado àqueles que o cercam.

O Transtorno de Personalidade afeta duas ou mais das seguintes áreas: cognição, afetividade, controle de impulsos, necessidade de gratificação e relacionamento interpessoal. Tal padrão deve ocorrer entre a adolescência e início da vida adulta. É estável ao longo do tempo e em algumas vezes, pode apresentar seus primeiros sintomas na infância, mas não classificamos como transtorno de personalidade aqueles que ocorrem antes dos 16-17 anos.

O Transtorno de Personalidade é com frequência subdiagnosticado. Em geral, os pacientes não procuram atendimento médico. A procura é mais associada quando há transtornos comórbidos, como transtornos depressivos e ansiosos. Estima-se que a prevalência oscile em torno de 15% da população mundial, e podem variar de acordo com os critérios utilizados.

Em entrevista ao programa “De tudo um pouco” da “Rede Super”, o professor e psiquiatra Dr. Alexandre de Araújo Pereira fala sobre um dos tipos de transtorno de personalidade, o Transtorno de Personalidade Dissocial (psicopática ou sociopática). Assista!

2017-11-28T17:47:53+00:00 19 de dezembro de 2016|Tags: , , , |0 Comments

Sobre o Autor:

gplus-profile-picture
A Psiquiatria BH é formada por uma equipe de profissionais de saúde – psiquiatras e psicólogos – que se agruparam com o objetivo de trabalhar a saúde psíquica do indivíduo de uma maneira ampla, considerando sua subjetividade, na busca de sua autonomia.

Deixe um comentário